Wednesday, January 29, 2014

Derecho y Literatura. Siglo XIX en Brasil



Direito e Literatura. Estudos jurídicos baseados
em obras literárias da segunda metade do século XIX

Andrés Botero y Lizia Medina (Coords.)
Juruá editora, Curitiba, 2013, 344 pp.
ISBN: 978853624485-3


Estes trabalhos, muito atraentes para aqueles que conhonem a literatura brasileira (seis de oito artigos versam sobre esta), também possuem uma clara motivaçao pedagógica e investigativa. De um lado, está evidente a eficácia que se pode ter no plano pedagógico, expodo ao estudante a necessidade de se articular o Direito e a Literatura para entender melhor as culturas jurídicas. Desta maneira, o estidente –enquianto realiza seu trabalho– não apenas se aproxima da Literatura sem os perjuízos decorrentes do estudo de normas e obras estritamente jurñidicas, mas também descobre que o Direito –visto desde a cultura– não se esgota em seu apararato normativo nem os textos dos doctrinadores. O Direito bate às portas do universo literario e pede para entrar e permanecer na literatura da época. De outro lado, trata-se de uma excelente ferramenta investigativa na medida em que amplia o espectro das fontes aserem consultadas, sendo a mais completa e melhor forma de ver o Direito coo um sistema interatuante com as cosmoviçoes sociais e, inclusive, estéticas, de uma sociedade em contreto


Sumário

Andrés Botero
A literatura forma bons juízes? Analise critica da obra Justiça poética


Claudia Daniele Lima Arruda
Opúsculo humanitário e direito: direito e literatura a luz do século XIX: uma leitura dos direitos da cidadania feminina por Nísia Floresta


Charles Kendi Sato
O pais das contradições: as incoerências jurídicas e sociais brasileiras no século XIX pela analise da obra literária Senhora de José de Alencar


Lízia Medina
Helena. Uma relação dialógica entre direito e literatura (o direito pelas lentes de Machado de Assis)


Isaaac de Luna Ribeiro
Entre o moderno e o arcaico: a aporia jurídica brasileira do século XIX a partir do discurso literário do Aluízio Azevedo em O mulato


Albnerto Krayyem Arbes
O alienista, do Machado de Asis, e o jurídico: fontes entre Direito, Literatura e Medicina


Adalbero Negueira Aleixo
O Cortiço de Aluízio Azevedo: a Literatura como fonte da História do Direito do final do segundo reinado brasileiro


Lusi Manuel Neira Núñez
La institución jurídica matrimonial em la segunda mitad del siglo XIX en Colombia. Una mirada desde la perspectiva de la novela Amores y Leyes de José Manuel Marroquín.



▀▄▀▄▀▄▀▄▀▄▀▄▀▄▀▄


Aluísio Azevedo
El mulato Trad.de Juan Sebastián Cárdenas
Eds. A. Machado Libros, Boadilla del Monte (Madrid), 2008. 452 pp.


No comments: