Wednesday, June 17, 2009

O DIREITO NO CINEMA. La pedagogía crítica (0)

O DIREITO NO CINEMA - Professor Gabriel Lacerda
Data: 18 Junho de 2009
Horário: 19 horas
Local: Auditório do IAP
Rua Cândido Lopes, 128 . 10º andar

PROMOÇÃO CONJUNTA DO INSTITUTO DOS ADVOGADOS DO PARANÁ - IAP COM A ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS DO TRABALHO 9ª REGIÃO – AMATRA 9

O DIREITO NO CINEMA
Professor Gabriel Lacerda
O Professor Gabriel Lacerda é autor de várias obras, inclusive a que dá título a palestra. Na FGV-RJ implantou interessantíssima e útil disciplina, motivando o estudo e o raciocínio jurídico através da exibição e debates de filmes, relacionados com questões de direito. No Instituto será exibida uma edição do filme “O Homem que Fazia Chover”, de Coppola, seguida de debates.



Gabriel Lacerda
O Direito No Cinema
Relato de uma Experiencia Didatica
Editora FGV (Pavilhão Verde)
Rio de Janeiro. 2007
300 pp.
ISBN-10: 8522505977
ISBN-13: 9788522505975


Assuntos: Direito: Geral. Leis. Legislação. Advogacia. Ações. Advogado. Processo judicial. Direitos fundamentais. 120 filmes que suscitam questionamentos sobre nossos direitos.

Sinopse: De grande interesse não só para alunos e professores da área de direito, mas para todos os que se interessam por temas jurídicos e pelo cinema, este livro relata uma experiência didática ocorrida na Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getulio Vargas, mostrando como o cinema e o direito interagem, refletindo e transformando os valores sociais.

SUMÁRIO:

Prefácio - O cinema através do olhar jurídico ... 7
Joaquim Falcão

Introdução ... 13

Parte I : Materiais de classe de direito no cinema I ... 19
1. Doze homens e uma sentença (Twelve angry men) ... 21
2. O homem que fazia chover (The rainmaker) ... 25
3. Kramer versus Kramer ... 31
4. Regras do jogo (Rules of engagement) ... 35
5. Juramento ao silêncio (Sworn to silence) ... 41
6. Julgamento final (Class action) ... 47
7. Erin Brockovich, uma mulher de talento (Erin Brockovich) ... 53
8. O povo contra Larry Flynt (The people vs. Larry Flynt) ... 59
9. Filadélfia (Philadelphia) ... 71
10. Amistad ... 83

Parte II : Materiais de classe de direito no cinema II ... 103
1. As bruxas de Salem (The crucible) ... 105
2. Na captura dos Friedmans (Capturing the Friedmans) ... 113
3. Oleanna ... 117
4. Justiça ... 123
5. Chicago ... 129
6. Conspiração (Conspiracy) ... 139
7. Helter Skelter, a visão do diretor (Helter Skelter, director s cut) ... 155
8. À espera de um milagre (The green mile) ... 163
9. Julgamento de Nuremberg (Judgement at Nuremberg) ... 169
10. Minority Report - a nova lei (Minority Report) ... 177
11. Em minha terra (In my country) ... 187

Parte III: Filmes não utilizados para debate ... 199

Grupo 1: Filmes sobre justiça, processo, prova, atuação de advogados, etc ... 201
Grupo 2: Filmes que abordam questões filosóficas sobre os limites do direito e sobre a produção das normas jurídicas ... 251
Grupo 3: Filmes que tratam das dificuldades do direito em regime ditatoriais ... 271
Grupo 4: Filmes sobre os crimes do regime nazista e temas correlatos ... 275
Grupo 5: Filmes que, embora não abordem temas especificamente jurídicos, podem ser aproveitados para especular a respeito do fenômeno jurídico e seus mecanismos ... 283
Apêndice ... 293

Gabriel Lacerda [Gabriel Araújo de Lacerda, Rio de Janeiro, 1939] é advogado, diplomado em direito (1962) pela PUC-Rio mestre em Harward Law School (1968). Concentrou sua carreira profissional na advocacia empresarial e na experiência didática, com especialização em direito tributário. Publicou diversos livros na área de ficção, entre os quais Em segredo de justiça, um romance organizado na forma de um processo judicial. Tem trabalhos também na área didática, destacando-se um manual de noções de direito para leigos de nível secundário, intitulado Eu tenho direito. Sua obra inclui, finalmente, livros infanto-juvenis, publicados sob o pseudônimo de Pedro Pessoa.

http://books.google.es/books?id=xQ-QrN8w4DQC&printsec=frontcover&source=gbs_v2_summary_r&cad=0

Otras obras de Gabriel Lacerda



Em Segredo de justiça: romance, Editora Xenon, Rio de Janeiro, 1995; 2.ª Edição. Rio de Janeiro: Lacerda Editores, 2000, 272 pp. (ISBN: 8573840641). Descrição: A rotina daquele juiz cansado de processos monotonos foi quebrada quando recebeu o caso de uma jovem profissional que acusa seu patrao de te-la assediado sexualmente. Todas as emoções que este juiz já havia arquivado voltaram à tona com este caso excitante que explorava os limites da justiça. Pela primeira vez, no Brasil, uma obra trilha a fronteira entre a ficção e a realidade juridica, explorando as possibilidades do tema com os rigores de um jurista e a fluência de um grande escritor)




O condenado, Lacerda Editores, Rio de Janeiro, 1998, 141 pp. (ISBN: 8573840285). Descrição: Um homem desiludido com o rumo de sua vida deseja se matar. Sem coragem, se apresenta como autor de um crime que não cometeu. Assim, consegue lograr seu intento




Eu tenho direito: Noções de Direito para Leigos, Editora: Senac, São Paulo, 2004 (2ª Edição), 151 pp. (ISBN: 8574581445). Descrição: A partir de situações tipicamente cotidianas, o livro retrata cenas de uma família de classe média nas quais surgem questões de natureza jurídica, mostrando como resolvê-las, de onde vêm as leis e de que modo se aplicam às pessoas. Ao acompanhar a vida da família, com base em muitos exemplos - mas poucos conceitos e definições -, o leitor poderá compreender melhor o idioma específico em que se expressam advogados, juízes e outras autoridades, bem como interpretar as notícias que tenham alguma relação com o direito, apresentadas quase todos os dias nos jornais. Embora pautado no direito brasileiro vigente em 2003, já incorporadas as mudanças efetuadas no Código Civil, o livro aborda também temas gerais e quase eternos, devendo, portanto, permanecer atual por muito tempo.

No comments: